VOCÊ CONHECE EVANDRO KUNRATH?

Foto: Lauro Alves/Agência RBS

Foto: Lauro Alves/Agência RBS

E aí, você conhece esta pessoa? Ele é o resultado de algo que a grande mídia esconde e ao mesmo tempo fomenta e o governo fornece: a violência policial. Evandro Kunrath ficou cego do olho direito e teve a visão do olho esquerdo comprometida em 50% por conta de balas de borracha atiradas pela Brigada Militar antes do jogo entre Grêmio e Santos em Porto Alegre.

O motivo: nenhum, ele apenas estava no lugar errado na hora errada, uma fatalidade. Já que a ironia ultimamente tem que ser exposta, digo desde já que estou sendo irônico. O torcedor estava do lado de fora do estádio do seu time para ver um jogo e foi alvejado pela polícia. Então quem está no lugar errado na hora errada é a polícia, não ele.

Muitos casos de violência policial envolvendo o futebol andam acontecendo. Não se trata de uma novidade dos novos tempos, mas uma grande parte dela vem ocorrendo de forma estranha, o que inclusive já foi assunto aqui mesmo neste blog. Estamos no meio de uma conspiração para dar fim às “pessoas indesejáveis” nos estádios ou tanto o modelo de polícia brasileira e suas funções chegou a um limite insuportável para uma democracia (por pior que ela seja)?

Creio que são as duas coisas. Nada é por acaso nos bastidores de algo que gere tanto dinheiro quanto o futebol. Estamos diante de brigas recorrentes de torcidas em locais que há algum tempo não mais aconteciam, como no entorno e dentro do estádio. Conjugue-se a estes fatos as falas constantes de Marco Polo Del Nero, futuro candidato à presidência da CBF, dizendo que banirá os vândalos dos estádios. Talvez tenhamos chegado a uma conclusão.

Foto: Mídia Ninja

Foto: Mídia Ninja

Da morte de mais um jovem pela PM na periferia de São Paulo à perda de visão de um torcedor atingido pela Brigada Militar em um estádio de Porto Alegre, a diferença é pequena e as semelhanças enormes. É noticiado o fato depois da violência, mas e as circunstâncias que o cercaram antes?

Em torno de 70% dos brasileiros desaprova a ação policial. A polícia no Brasil mata cinco pessoas por dia. Em um dado de 2011, morre mais gente aqui por ano do que no Iraque, Afeganistão e Angola, países totalmente instáveis politicamente se comparados à nossa dita democracia. Depois das UPPs no Rio o número de desaparecimento nas comunidades aumentou. As denúncias de excessos da PM cresceram 106% em São Paulo.

E agora, soa mais familiar o nome Evandro Kunrath? E Amarildo de Souza? E Douglas Martins? E Vitor Araújo? E Juliano Franczack? Eles não são fruto de uma coincidência, eles são o resultado da opressão nazista que o Estado nos impõe, seja nos estádios, seja nas periferias e favelas.

Como já disse Saramago: “Tudo se discute neste mundo. Menos uma única coisa que não se discute. Não se discute a Democracia”.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “VOCÊ CONHECE EVANDRO KUNRATH?

  1. Luis

    Na boa, não consegui ir até o fim. Esse estilo Juca Kfuri com parágrafos espaçados e texto quase desconexo é muito ruim. Escreve o bom português. Obrigado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s