Paes paga central de transmissão para TVs, e Globo acha isso absolutamente normal

da série ‘imparcial é a vó’

A notícia é essa mesmo. Vai ter estúdio para as emissoras de TV estrangeiras credenciadas pela Fifa e para a Globo feito com dinheiro da prefeitura do Rio. Quem abriu o cofre público foi ele, Eduardo Paes, o homem que considera a Olimpíada de 2016 em sua cidade uma vergonha, mas que tem sido o mais generoso e bonachão dos prefeitos no pré-Copa.

Mayor Paes

Porque não basta bancar projetos de infraestrutura determinados por uma instituição estrangeira, é preciso também fazer mimos aos amigos dos amigos, no caso os amigos da Fifa. Está na cara, nem precisava dizer, mas a encomenda da “casa na praia” é dela.

Com base em todas as estripulias, expropriações e desmandos por parte das autoridades públicas nestes anos que vieram depois disso, principalmente na abordagem do jornalismo Globo durante todo o processo, eu coço a cabeça: estou começando a alucinar com teorias absurdas de conspiração ou isso é mais um exemplo escancarado de que a empresa de comunicação, ao contrário do que dizem seus Williams Bonner e Wack, é absolutamente tendenciosa para o lado do patrono carioca, ofensiva a seus adversários políticos locais, e – em escala nacional – contra todas as vozes que contestam os benefícios da Copa?

Imagino que, sei lá, a reação dos fuzileiros de comentários de internet seja responder no reflexo: “Bah, mas o estúdio será útil para a transmissão dos jogos!”. Não, meu caro e minha cara, a central de transmissão será montada na orla de Copacabana, a mais de 10 km do Maracanã. É óbvio que esta central de transmissões não será dedicada exclusivamente a assuntos ligados ao futebol. Dali da beira da praia, as emissoras de todo mundo poderão reproduzir livremente os estereótipos mais comuns do nosso Brazil. Haja bunda para tanta câmera!

Adidas Bundas

É claro que a Prefeitura do Rio de Janeiro não é a única melhor amiga da família Marinho e dos patrocinadores ligados à Fifa. O governo federal deu todas as provas de que faz de tudo para “salvar a relação”, inclusive submetendo a Constituição aos caprichos da tal Lei Geral da Copa. Mas o que fica mesmo marcado nesse gesto do Eduardo é que o amor está no ar entre o poder público majoritário e certas emissoras de TV. Enquanto convir, claro. Nem o Costa-Gravas devia imaginar um monstro tão assustador quando filmou O Quarto Poder.

Encerro porque a cabeça já está entrando em pane, prejudicada pelo avanço da minha enfermidade, a conspiraçãocopia comunistóide, que você também já deve ter ouvido com o nome de rebeldia aloprada juvenil, talvez nem sempre nessa ordem, quando assistiu Jornal Nacional. Ferrou, eu não vejo TV e agora já estou na fase das alucinações que esses chatos de esquerda chamam de outros exemplos… Usina de Belo Monte, agronegócio, Polícia Militar… pira, pira, pirô!

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “Paes paga central de transmissão para TVs, e Globo acha isso absolutamente normal

  1. Raphael Sanz

    ótimo texto!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s